Hoje decidi trazer por cá um tema que é muito badalado neste mês, os Saldos.

Só que eu não vos venho falar da febre que se está a sentir, mas sim de Regras Básicas que devemos ter em atenção antes de sairmos com o cartão para as compras!

Regras Básicas

…antes de iniciarmos a temporada de Saldos.

Este post é um pouco contra a minha própria natureza pois eu sou uma Crazy Sales, no entanto, este ano, como estou de Lua de Mel (Thailand) e fora do contexto que se vive actualmente em Portugal, acho que tive oportunidade de fazer uma reflexão sobre o tema e perceber que afinal sobrevivo sem Saldos!

Então, por isso, decidi escrever aqui algumas regras que devemos ter em atenção antes mesmo de pensar em ir para as compras…

1, 2, 3, aqui vai…

1

Arrumar o Closet!

Antes de  pensarmos em ir aos Saldos, é preciso dar uma volta aos armários e ver aquilo que temos; aquilo que já não usamos e precisa de sair de dentro do armário. Depois do armário limpo já conseguimos ver aquilo que precisamos e queremos comprar nos Saldos, sem cair no erro de comprar “mais do mesmo”.
Os intemporais são sempre uma óptima opção porque são versáteis a todas as estações do ano e nunca saem de moda.

Photo By [Pinterest]

2

Qual é o teu Budget?

Não adianta arrumar o armário e saber mais ou menos aquilo que precisamos de depois somos consumistas incontroláveis e gastamos mais do que devíamos. Para que isto não aconteça, deves definir o valor que queres/podes gastar. Inclusive, podes levar apenas este dinheiro contigo na carteira para não caíres em tentação e puxares do cartão para comprar mais aquela carteira, ou aquela blusa…

3

Analisar bem o desconto…

O que acontece nos Saldos (principalmente nos primeiros dias) é que vamos tão excitadas para comprar que não analisamos como deve ser o beneficio que estamos a ter em comprar aquela peça.

— Onde e que nos podemos enganar mais facilmente?! É fácil nos deixarmos levar mais facilmente quanto o desconto está expresso em euros (ex: ZARA). Ou seja, PVP anterior 29,90€; PVP actual 19,90€. Se formos ver são 10€ de desconto…UAU. Mas espera… 10€ corresponde a 30% (aprox.) de desconto. Não é mau, mas também não é nada de especial!!! Pior do que isso é quando as marcas aumentam o preço para poder fazer um desconto “maior” por cima do preço previamente alterado (estas situações acontecem em campanhas sazonais e mais nas superfícies comerciais).

4

Stick to the list.

Quantas vezes já não compramos umas peças a mais só porque tinham um preço irresistível?! – Ah eu hei-de usar de alguma forma… 

Photo By [Pinterest]
Bem, este é um erro muito comum e que pode não acontecer se houver uma lista de compras (sim, lista de compras de Saldos) e um Budget previamente pensado!

5

Comprar pela Web…

Por último, acho que este é o conselho mais sábio que poderei partilhar convosco…

Comprar pela Web não tem apenas a vantagem de ser mais rápido, menos estressante, mais barato… Quase todas as plataformas têm a opção “carrinho” em que vamos acumulando os nossos artigos. No final da nossa lista de desejos, ele faz a soma dos artigos. então, se eu estipulei um Budget de 100€, se no carrinho estão 150€, eu sei que tenho de rever os artigos e perceber se tudo me faz realmente falta. Digam lá que não gostaram desta… 😉

Photo By [Pinterest]
Como vêem, há toda uma ciência por detrás da dinâmica “Ir aos Saldos”. Por isso, para quem ainda não foi mas também para aqueles que já foram e se perderam, espero que estes sejam conselhos construtivos e tornem a experiência “Ir aos Saldos”, uma experiência mais enriquecedora e produtiva daqui em diante!

Diva 💋 Com defeitos e tudo.

Write A Comment