Todos os momentos são momentos ideias para reflectir mas no final do ano, mais propriamente o mês  de Dezembro é quando mais ponderamos naquilo que foi o nosso ano.

Reflexão.

O ano 2018 foi um ano super especial, foi o ano do nosso casamento, foi a concretização de um sonho que não pensei que tivesse. Se me perguntassem:

Mudarias alguma coisa?

Nada, realizava tudo de forma igual, pois foi perfeito. Foi perfeito para nós, e para todos os convidados que ainda ontem nos estavam a enviar mensagens a relembrar o quão grandiosa tinha sido a última noite do ano.

O casamento foi realmente o acontecimento que marcou o nosso ano mas houve outras mudanças que aconteceram na vida, muito importantes. Por exemplo, passei a dedicar muito mais tempo à minha loja e a ter uma única actividade profissional. Com esta mudança veio muita coisa boa: passei a ter mais tempo para mim e para as pessoas que gostam de estar comigo. Passei a ter tempo para fazer as coisas mais simples que existem , como por exemplo, ir a uma esplanada, ler uma revista, fazer um brunch, conhecer mais espaços giros…

Esta foi sem dúvida a mudança mais significativa que tive no ano de 2018 e a que contribuiu mais para a minha realização pessoa e felicidade. Nem sempre vemos o lado bom das coisas e este é um excelente exemplo disso exemplo. Sem saber, estava a tomar uma das atitudes mais sensatas que havia tomado nos últimos tempos. Foi preciso tempo para descobrir as coisas boas que iam resultar desta decisão.

2018 também me fez perceber claramente quem eu quero ter a meu lado para partilhar todos os momentos da minha vida. Consolidei amizades, descobri uma nova família e ainda reconquistei antigas ligações. Só tenho que agradecer a Deus por todas as oportunidades que me deu de ser a cada dia, um pouco mais feliz.

Gratidão é realmente a palavra que descreve aquilo que sinto no final destes 365 dias. Foi uma grande lição. Obrigada a cada uma destas pessoas pelas partilhas e pelos ensinamentos ao longo destes dias. Obrigada por estarem aqui hoje e sempre (assim eu espero).

Mas também não posso deixar de agradecer, sinceramente,  àqueles que não estiveram presentes ou que não contribuíram de uma forma tão positiva para a minha felicidade. Também com esses aprendi bastante, consegui disciplinar as minhas acções, aprendi a controlar determinados sentimentos e hoje sinto-me melhor e com mais orgulho na pessoa que me tornei nestes 32 anos, com todas as  qualidades e defeitos.

O futuro.

Com tudo o que aprendi em 2018, estou pronta para abraçar com mais força este novo ano!

Eu gostava que pelo menos o ano 2019 fosse igual ao ano de 2018. Mas como sou uma pessoa ambiciosa, já tenho planos para 2018 e naturalmente que irei trabalhar para os conquistar. E, não tenho dúvidas, que de uma forma ou de outra os irei alcançar. Duvidam?!

  1. Apesar de ter dedicado mais tempo ao blogue este ano, ainda não estou a fazer o trabalho que gostava e tenho presente que este ano será o ano em que irei ser mais disciplinada nos timings e conteúdos que publico nas minhas plataformas sociais.
  2.  Tenho projectos profissionais que quero realizar e, para já, não poderei  divulgar. Sei que tenho as capacidades certas para os alcançar. E, no que depender de mim, irei lutar pela sua realização. A par disso, poderão acontecer alguns projectos profissionais em parceria com o meu marido. Esta situação era algo que me deixava desconfortável,  pois nunca gostei da ideia de misturar a parte pessoal com a profissional, mas de facto ver o marido empreendedor é algo que me traz imensa felicidade e terei todo o gosto em ajudá-lo e juntos termos o nosso projecto!
  3. Quero ser ainda mais disciplinada na minha saúde. Falo em relação à minha alimentação e prática de exercício físico. Se, por um lado, eu considero ter uma alimentação equilibrada, por outro, a prática de exercício não tem acompanhado este estilo de vida. Sei que ao conciliar os dois de forma mais regular, irei atingir um patamar de felicidade e bem-estar que não consegui em 2018.
  4. A tarefa mais importante para mim em 2019 é passar e dedicar mais tempo (o tempo certo) aos meus amigos e família. Não sinto que tenha estado pouco tempo com eles em 2018, contudo é algo que quero fomentar na minha vida e quero também solidificar estas relações. Não quero que existam dúvidas de que são realmente pessoas imprescindíveis na minha vida.

Para os 4 desejos acima mencionados, peço a Deus que esteja sempre por perto, tal como o fez em 2018. O restante vem por acréscimo, eu acredito. 

E vocês já definiram os vossos desejos para 2019 ou ainda estão em fase de reflexão!?

Diva 💋

 

2 Comments

    • Catarina Nora Reply

      Adriana,

      Um excelente ano para ti também!

      Obrigada pela visita!

      Diva

Write A Comment